domingo, 29 de agosto de 2010

A CRÍTICA DOS ÍDOLOS

Segundo Bacon, existem quatro tipos de ídolos ou de imagens que formam opiniões cristalizadas e preconceitos, que impedem o conhecimento da verdade.

Ídolos da caverna: são as opiniões que se formam em nós por erros e defeitos de nossos órgãos dos sentidos. São os mais fáceis de serem corrigidos por nosso intelecto;

ídolos do fórum: são as opiniões que se formam em nós como consequência da linguagem e de nossas relações com o outro. São difíceis de serem vencidos, mas o intelecto tem poder sobre eles;

ídolos do teatro: são as opiniões formadas em nós em decorrência dos poderes das autoridades que nos impõem seus pontos de vista e os transformam em decretos e leis inquestionáveis. Só podem ser desfeitos se houver uma mudança social e política;

ídolos da tribo: são as opiniões que se formam em nós em decorrência da natureza humana. São próprios da nossa espécie e só podem ser vencidos se houver uma reforma da própria natureza humana.

POR QUE ACREDITAMOS NAQUILO QUE ACREDITAMOS?

O QUE PENSAMOS, DIZEMOS E FAZEMOS EM NOSSAS CRENÇAS COTIDIANAS CONSTITUI OU NÃO UM PENSAMENTO VERDADEIRO, UMA LINGUAGEM COERENTE E UMA AÇÃO DOTADA DE SENTIDO?

Nenhum comentário:

Postar um comentário